sábado, 27 de abril de 2019

Detalhes, um poema de Pedro Du Bois


Busca nos detalhes
o ponto de apoio
anelo
anelado dedo com que se defende dos oferecimentos
e se esconde dos tormentos

detalhes o mantém à salvo das estéreis horas
de retornos fossem pedras carregadas nos bolsos
raivas concentradas na incapacidade do espelho

enrola o fio
o anel cintila
no dedo solto
em sobressalto

não há morte nos detalhes secos e ásperos
o tempo ajustado
solta as amarras
retira o anel.

Pedro Du Bois



Pedro Du Bois é nosso colaborador assíduo. Quem quiser conhecer mais do seu trabalho pode conferir no blog: http://pedrodubois.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: