quinta-feira, 16 de junho de 2011

Isabé



Mordeu as maçã
Fumou os baseado
Queimou os sutiã
Libertou os escravo


Lucas Viriato

Um comentário:

Roberto Borati disse...

muito bom, muito bom esse poema bebél.