quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Ostracismo


Abandonada à oclusão submarina,
Na imutável e resignante sina,
Sua exterior e pétrea cortina
Cobrindo a interna e líquida ruína.

Disforme e impenetrável armadura,
O esconderijo da amorfa feiura.
Era impensável que esta sepultura
Desenvolvesse a pérola mais pura.


Leonardo Ferrari



Leonardo Ferrari ficou em 2º lugar na categoria poesia do V Prêmio Paulo Henriques Britto de Prosa e Poesia, oferecido pelo PET-Let da PUC-Rio. 

Nenhum comentário: