domingo, 10 de abril de 2011

(ins)piração

.
a beleza é como algo sutil
entra pela janela da alma
abanando o rabo
deita e ocupa quase

a metade do travesseiro
— tem cheiro de tosa —
é como verme de ouvido

entrando no lugar errado
— esse lado do peito
tá ocupado? —

leva segundos para notar
que de repente você já está
cantando

de novo.
.
Braulio Coelho
.

Um comentário:

harytml disse...

Falaae... BRAULIO!!!
Ganhando terreno em mano véio... SIGA EM FRENTE: Sinal Aberto!!! Abçs.